sábado, abril 22, 2006

Infidelidade


Em 2004, realizou-se uma pesquisa sobre as consequências físicas e psíquicas do adultério, e o trabalho mostrou resultados surpreendentes.

Segundo a pesquisa, exaustivamente elaborada, as mulheres rejuvenescem com a infidelidade.

47% preocupam-se mais com o seu aspecto após transar com um amante (ou dois); 28% emagrecem e recuperam a forma; 24% garantem que a sua pele melhora após o acto ilícito bem consumado, e 52% afirmam que a traição lhes outorga maior equilíbrio psicológico. Além disso, 26% confessaram não ter remorso nenhum.

No caso dos homens, acontece o contrário.

Por exemplo, 32% dos homens entrevistados sentem-se muito culpados após o adultério; também 32% observam maior quantidade de rugas, e 24% sentem-se mais barrigudos. Poderia dizer-se que para os senhores dar umazinha fora do regulamento é fatal.

Esta pesquisa parece dar a razão a um dos medos ancestrais do homem, esse mito masculino tão elementar e tão profundo da mulher infiel, isto é, da fêmea sem piedade, devoradora de homens, insaciável; da companheira mentirosa que na realidade não depende tanto dele como ele sente depender dela.

4 comentários:

Blogger BRASIL diz que...

Corno tem em toda a parte do mundo.Até aí

abril 22, 2006 11:18 PM  
Anonymous Joana d'Arcos diz que...

Ó Brasil, acaso alguém falou em cornos? Se aqui há cornos ou não, suponho que não é da sua conta. Cuide dos seus por aí!

abril 23, 2006 1:39 AM  
Blogger paxaxita diz que...

Oh Brasil fazes parte dos 24% ?
O melhor é parares senão ficas como a foca do post seguinte

abril 23, 2006 1:51 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

foto fantástica. sem palavras

abril 24, 2006 1:57 PM  

Postar um comentário

<< voltar