quinta-feira, abril 27, 2006



Sou preferido filho de Vênus
sinta minha libido molhada
que procura sua fenda imaculada
e inocula prazer feito veneno

Sou língua, enorme ou lingüeta
sou falus, penetro e me calo
no calor da sua rósea buceta
sou macho, falo com meu talo

Ouça trovões do poeta guerreiro
provoco a ira ou o desejo com ardor
sou um deus fruto da deusa do amor

Beba, sou deleite jorrando e engula
mate a sede, sou corpo na sua gula
quero, profano e arrombo, sou Eros

Douglas Mondo

1 comentários:

Anonymous Anônimo diz que...

"sou macho, falo com meu talo"
Mas é melhor pensar com a cabeça (de cima)

abril 28, 2006 11:10 AM  

Postar um comentário

<< voltar