sexta-feira, maio 12, 2006

Rituais de acasalamento



Golfinhos do Sado
Os machos em exibição sexual elevam o corpo na vertical.
Estes rituais podem ser observados durante todo o ano, uma vez que acasalam por prazer, e com diferentes parceiros.

Existem outras espécies animais que recorrem também a estratégias complexas para se envolverem com a fêmea e cativá-la. Estas estratégias, são aquilo a que chamamos rituais de acasalamento, em que não são só as características físicas que entram em jogo, mas também verdadeiros "malabarismos" de charme (comportamentos padronizados (sempre iguais/semelhantes) com funções muito específicas de acasalamento, que tendem a ser constantes ao longo do tempo em cada espécie).
Estes rituais, complementam assim o que já é dado pela natureza ao animal (as suas características físicas distintas), enriquecendo o processo de corte, sendo verdadeiros anúncios ("publicidade") às suas próprias intenções amorosas (face à fêmea) - relacionais e sexuais.
Um exemplo da complexidade deste processo, é o caso de algumas espécies de aves aquáticas, que no processo de corte, empenham-se numa dança/bailado, onde trocam presentes como por exemplo, plantas aquáticas, reportando para uma situação quase poética, cheia de romantismo aos olhos subjectivos dos humanos.
Estes rituais, para além de terem a função de garantirem a maior probabilidade do acasalamento entre dois seres, têm também a função de fazer com que o acasalamento possa efectuar-se apenas entre membros de uma mesma espécie, no sentido desta poder evoluir com mais sucesso.
Daí a justificação do facto de cada espécie ter o seu padrão específico de rituais, constituindo-se este como um código que passa uma mensagem de desejo de relacionamento sexual aos membros de uma mesma espécie, garantindo assim, a integridade genética da espécie (sendo mais provável que o acasalamento resulte, que seja uma união fértil).
Um exemplo bem conhecido, pode-nos dar a noção do quanto o acasalamento entre espécies resulta muito mais bem sucedido a priori, sendo o contrário evidência de fracasso, como é o caso do acasalamento entre o burro e o cavalo, donde resulta a mula.
De facto, a sexualidade animal, está cheia de mistérios, que o homem procura descobrir, desvendar, e podemo-nos mesmo interrogar: quantas vezes, o que se passa com os animais, não nos faz lembrar o que ocorre também com o ser humano, embora com este, a parte psicológica pareça estar mais implicada nessas coisas do "coração", da sexualidade, mais do que possa parecer, embora o homem seja também ele um animal.

3 comentários:

Anonymous Anônimo diz que...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

maio 21, 2006 8:37 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

Great site lots of usefull infomation here.
»

maio 21, 2006 8:39 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

muito boom esse site

maio 29, 2012 9:14 PM  

Postar um comentário

<< voltar