terça-feira, maio 30, 2006

Carinho

36
Hoje eu acordei com medo
Mas não chorei nem reclamei abrigo
Do escuro, eu via o infinito
Sem presente, passado ou futuro
Senti um abraço forte, já não era medo
Era uma coisa sua que ficou em mim
E que não tem fim

Cazuza Frejat
Ás vezes, basta-me o teu carinho

5 comentários:

Anonymous Anônimo diz que...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

junho 08, 2006 1:04 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

julho 19, 2006 1:22 PM  
Anonymous Anônimo diz que...

Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
»

julho 19, 2006 4:42 PM  
Anonymous Anônimo diz que...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»

julho 22, 2006 9:23 PM  
Anonymous candida diz que...

mini-conto:

era uma vez um coração com estômago. comeu o pipi levantou a cabeça.

:)

maio 20, 2009 11:36 PM  

Postar um comentário

<< voltar