segunda-feira, dezembro 18, 2006

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade

Carlos Drummond de Andrade

4 comentários:

Anonymous joão ratão diz que...

oh paxaxita..., a qualidade e a profundidade da reflexão de CDA é quase tão estimulante quanto a excelência da fêmea da foto que a ilustra

dezembro 18, 2006 11:59 AM  
Anonymous jagunço diz que...

desperdício é mas é não dar 3 ou 4 valentíssimas quecas neste monumento...!!!!

dezembro 18, 2006 12:09 PM  
Blogger Axiológico diz que...

heheh
www.axiologico.blogspot.com

dezembro 18, 2006 12:18 PM  
Anonymous coelhinha basuca diz que...

Tem jágunço por aí no portugal?
3 ou 4 só jágunço na minha terra, né

dezembro 20, 2006 5:46 PM  

Postar um comentário

<< voltar