quinta-feira, setembro 21, 2006

Beijos do signo Gémeos


As pessoas deste signo são umas borboletas.
Os seus interesses e pensamentos, durante um beijo, podem oscilar entre uma piada alheia e a sua pessoa...
No meio de tudo, os nativos Gémeos ainda podem aproveitar para brincar ou morder-lhe a língua durante o beijo. Enfim, é difícil manter a concentração dessa gente cheia de artimanhas. Vai ser mais fácil "agarrá-lo" pela conversa do que pelo beijo, já que os Gémeos adoram falar, mas na hora de agir pouco fazem... Bem,alguém tem que tomar a iniciativa.
Por isso não hesite em tomar as rédeas. Ele ou ela ainda tentará dizer, em pleno beijo, que passou um passarinho por cima de vocês. Mas cabe a si fazer com que aquela mente inquieta pare, nem que seja por um minuto.

2 comentários:

Anonymous Eros diz que...

Há "borboletas" em todos os signos...

setembro 21, 2006 12:15 PM  
Anonymous pasmado-na-paxaxita diz que...

Oh Exma Senhora D. Paxaxita,
Já me dizia a minha Avózinha "Nunca confies em Mulheres que não se concentrem no que te fazem...". E que sábios conselhos dava a querida Senhora.
Por outro lado, Gémeos são, no mínimo, 2 - e ambivalentes - e isso já é uma refrega (não, não escrevi esfrega, mas também a poderá ser...) injusta, não equitativa. É uma luta desigual.
E essa estória do "falar muito e agir pouco..." é-me familiar. Lembra-me algo, ou alguém, assim. Ah, já sei, são os meus, pacatos, concidadãos, ou, pelo menos, uma boa parte deles (em quem é que você estava a pensar...?, vá, confesse lá...!!!!)
A imagem do "passarinho por cima" também é pouco criativa e pouco apelativa. Engraçado, engraçado, seria uma passarinha (querida, ternurenta, fofinha) fosse lá por onde fosse: por baixo, por cima, pela esquerda, pela direita ou, mesmo, rigorosamente ao centro.
Mas, e em conclusão, Exma Senhora D. Paxaxita, acredite-me. Mulher - Gémeos ou não... - que me morda a língua, que faça comigo um pacto de sangue e de outros fluidos íntimos, tem garantida, vida fora, muita conversa, muita ternura, mas, e também, desabridos beijos e que a inquietude, a energia e o desassossego da sua mente serão dinamicamente transmutados em vibrantes e voluptuosas ondas - torrentes, mesmo - de excitação, empolgamento, frémito e sacolejar do corpo, ao qual conferirão uma erótica, rítmica, convulsiva e incontrolável agitação, que desaguará, inexoravelmente, num êxtase de sensações, numa grandiosa girândola de luz e cores, num fastígio espasmódico, numa longa, doce e brutal explosão doa sentidos, esvaindo-se na mais gratificante das exaustões.

setembro 21, 2006 12:33 PM  

Postar um comentário

<< voltar