quinta-feira, março 08, 2007

Beijos Salgados


Mil beijos choveram
Sobre a tua boca oceânica
Primeiro um a um
Uma fileira de grossas gotas
Que rebentavam
Todas juntas
Unindo-se na tua gruta marinha
Montes de beijos surdos
Entrando até ao fundo
Perdendo-se
Como um naufrago no mar
Na tua boca oceânica
Oleada e quente
Beijos salgados e profundos…
Mil beijos choveram
Sobre a tua boca oceânica
Primeiro um a um
Uma fileira de grossas gotas
Que rebentavam
Todas juntas
Unindo-se na tua gruta marinha
Montes de beijos surdos
Entrando até ao fundo
Perdendo-se
Como um naufrago no mar
Na tua boca oceânica
Oleada e quente
Beijos salgados e profundos…
(autor desconhecido)

7 comentários:

Anonymous joão ratão diz que...

O poema é bonito.

Mas os cristais, nesses lábios, lindos, sensuais, voluptuosos, atraentes, chamativos, enfim, lábios "a la paxaxita"....
são de açúcar....

Lá teria eu de mandar a dieta às urtigas, durante uns minutitos (com "u"...)

março 08, 2007 10:29 AM  
Anonymous arroz de 15 diz que...

Homard salgada
Quanto do teu sal
São lágrimas do maralhal
Por não te chegarmos,
Homard

março 11, 2007 9:54 AM  
Blogger BRASIL diz que...

www.zeserafim-transmontano.blogspot.com

março 11, 2007 9:06 PM  
Blogger Myllana diz que...

Fixe:)

Bela boquita ! rss
Boa semana

março 12, 2007 3:52 PM  
Anonymous Antão diz que...

O sal é afrodisíaco não é? Que lábiaos apetitosos e eu até nem gosto.

março 13, 2007 3:38 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

antão...!!!! que lindo nome...

Ó antão, antão vai td bem, meu?

março 13, 2007 11:54 AM  
Anonymous Anônimo diz que...

antão...!!!! que lindo nome...

Ó antão, antão vai td bem, meu?

março 13, 2007 11:54 AM  

Postar um comentário

<< voltar